top of page

O sabor da atenção



Quantos de nós, ao realizar as atividades cotidianas, não acabamos por perder o encanto pelo fazer? Ao mesmo tempo, não somos também tocados quando identificamos no trabalho de outro — seja ele um artesanato, um desenho, um bolo caseiro ou até uma planilha bem feita! — o primor de um toque especial de atenção?


Que segredo reside aí nessa tal de atenção? Essa espécie de matéria viva que podemos depositar em qualquer objeto através de nosso fazer? O que acontece quando fazemos algo pela primeira vez, que experimentamos um "sabor" diferente? E por que esse sabor desvanece conforme repetimos enfadonhamente nossas ações?


Há algo na postura de um verdadeiro mestre de ofício que imprime a qualidade fina de sua presença em suas obras. O Modelo Etievan nos impele a experimentar o que é isso, através do princípio "A importância de buscar: Não Saber é Formidável!". É nessa direção que empenhamos nossas tentativas nos Sábados de Artes e Ofícios!


Texto por: N.S, mãe e educadora em Centros Etievan


Comentários


bottom of page